sexta-feira, 29 de abril de 2011

Já gritei e pulei de tanta felicidade, já ri em alto e bom som até me doer a barriga, já ri até chorar. Já nadei até perder o fôlego, já chorei até adormecer. Já me escondi atrás das cortinas e esqueci-me dos pés de fora, já apanhei banhos de chuva. Já fiz loucuras que só eu sei, já confundi sentimentos, já andei no caminho errado e continuo a andar pelo desconhecido. Já chorei a ouvir música . Já disse disparates, já meti os pés pelas mãos.

Sem comentários:

Enviar um comentário